Posto de coleta da Hemoba é aberto no Salvador Shopping como medida para abastecimento dos estoques de sangue durante pandemia

Seg, 03 de Agosto de 2020 09:37
Imprimir

Foto: Fernando Vivas/GOV BA

Após uma semana da retomada das atividades comerciais em Salvador, um posto de coleta de sangue da Hemoba será aberto no Salvador Shopping, atendendo demanda espontânea a partir desta segunda-feira (3) na praça de serviços do G1 do centro comercial. Os cadastros para doação começam às 12h e vão até às 19h, de segunda a sábado, seguindo todos os protocolos de segurança estabelecidos pelo Salvador Shopping e pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur).

A ação é parte do plano de coleta itinerante durante a pandemia para evitar a escassez dos estoques de sangue e manterá como medida de segurança a protocolos como a medição de temperatura dos candidatos, que deve ser de no máximo 37 graus, disponibilização de álcool em gel e acesso de apenas 8 pessoas por vez, para evitar aglomerações.

De acordo com o diretor da Hemoba, Fernando Araújo, a expectativa da unidade é ter um posto fixo de coleta no centro comercial após a pandemia. “Já é uma realidade em alguns estados a oferta do serviço em shoppings, por ser um espaço de bastante fluxo e para a Hemoba a facilidade do acesso é um ponto de relevância", disse.

A escolha do Salvador Shopping tem relação com a grande procura pelo serviço na região e com a parceria da Fundação com o grupo JCPM, que já chega há 10 anos.

Estoque

No momento, os estoques de sangue em níveis mais críticos são para os tipos O+, O- e B-. Conforme dado da instituição, no segundo trimestre a necessidade de isolamento social produziu queda na produção das bolsas e gerou uma baixa percentual de 26,51% das bolsas e 28,19% dos candidatos à doação em relação ao mesmo período de 2019.


Recomendações

Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, sem sintomas virais, pesar mais de 50 quilos, estar bem alimentado e ter entre 16 e 69 anos de idade. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de um responsável legal, e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.


Ascom/Hemoba