sexta-feira, 19 de julho de 2019

REUNIÕES DA COMISSÃO INTERGESTORES REGIONAL - SEABRA - 2019
E-mail da CIR : cir.seabra@saude.ba.gov.br
Selecione o Ano - 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
31/01
14/03
04/04
15/05
11/06
10/07
08/08
05/09
10/10
07/11
28/11
31/01/2019 - REUNIÃO ORDINARIA REALIZADA - REGIÃO DE SAÚDE DE SEABRA
LOCAL: PAUTA:
AUDITORIO DA BRS SEABRA

ATA:
ATA 16ª REUNIÃO ORDINARIA DA CIR – SEABRA Aos trinta e um dias do mês de Janeiro de dois mil e dezenove,às dez horas e vinte minutos, no auditório da Base da Região de Saúde - Seabra, foi dado início a 16ª Reunião Ordinária da CIR do ano em curso. Compareceram os seguintes membros: Secretário Municipal da Saúde de Abaíra, senhor Alex Sandro Silva Miranda; Ibitiarasenhora Aline Mendes Araújo Santos; Iraquara:senhora Graciela Pereira Rocha; Mucugê:senhor IgorTeles Silva; Novo Horizonte: senhoraLiliane de Oliveira Viana;Palmeiras:senhor Marcos Andrade Bastos; Piatã: senhora Jucimeire Azevedo Silva Matos; Seabra: senhor Leandro Athayde de Souza; Soutos Soares:senhorManoel Miranda de Novais; Membro Efetivo Regional: senhor Francisco Nilton Alencar e a apoiadora do COSEMS: senhora Luciene da Silva Nascimento. Verificado o quórum, deu-se início a Reunião com a CoordenadoraAdjunta da CIR, senhora Graciela Rocha, Secretária Municipal de Saúde de Iraquaraque,dando as boas vindas,leu a Pauta efez a apresentação dos convidados àesta reunião, a saber:Nilzeth A. Teles Oliveira (CMS de Seabra); Elenilton Batista de Novais (CMS de Seabra); Silvaney de Jesus Silva (CMS de Seabra); Isa R. P. Cavalcante (usuária - Ibitiara) e Leonardo Silveira (Atenção Básica NRS-CL/R.S. Seabra). Em seguida foi feita a leitura das atas anteriores e as devidas observações como um aditivo acerca da participação do “representante” do Hospital Regional da Chapada, Dr. Anderson Barreto, diretor-médico, na reunião anterior. Em seguida a Coordenadora Graciela passou a palavra para a representante do conselho Municipal de Saúde de Seabra,senhoraSilvianey de Jesus Silva para dar informe sobre a proposta de criação do Centro de Referência Regionalem Oncologia da Chapada Diamantina. A mesma fez um relato acerca da gravidade do câncer que tanto tem vitimado o povo da Chapada, mas coloca que podemos vencer essa batalha havendo empenho de todos nós, bem como a sensibilização dos gestores.Com a palavra a apoiadora COSEMS, senhora Luciene Nascimento, coloca que seria interessante a CIR elaborar um documento com apoio de todos, afim de levar á CIB essa demanda. Também coloca que todas as nossas lacunas e demandas reprimidas dependem da efetiva participação dos gestores, os quais, além de serem os representantes oficiais da Saúde Pública/SUS na Região são quem pode fomentar a construçãodesses “espaços” de participação e conquistas. Em seguida passamosdiscutir a Situação do atendimento no Hospital Regional da Chapada e foi dada a palavra a representante do CMS de Seabra, senhoraSilvaneyde J. Silva que traz testemunho de um “atendimento” que continua a desejar, havendo relatado que houve até a falta de internamento de paciente em estado grave, o que fora reforçado com detalhes pelo representante do CMS de Seabra, senhor Elenilton Novais. Leandro Athayde, SMSde Seabra, coloca também que está faltando “pressão” junto a CIB, para que estas questões sejam discutidas naquele fórum, pois sempre é discutido apresentado tais demandas de outras regiões, mas não se encaminha nem se discute nada da nossa Região de Saúde.A coordenadora Adjunta, senhora Graciela Rocha,sugere que após a reunião seja elaborado um documento pontuando essa situação, imediatamente. Foi dada a palavra a representante do CMS de Seabra, senhora Nilzeth Teles a qual falou que HRC está perdendo, oportunidade, após oportunidade de ser realmente a referência regional em urgência e emergência conforme o que se propõe pois já são quase dois anos de funcionamento ao que temos apenas contabilizado queixas e reclamações de um atendimento que não corresponde com a expectativa da Região. Com a palavra o SMS de Mucugê, senhor Igor T. Silva, que, logo após a saída dos representantes do CMS de Seabra, falou que necessitamos, como secretários de saúde, assumir nossa culpa e responsabilidade por não se impor diante do HRC, frente essas questões, relatando que ele próprio foi ao hospital saber porquê do não atendimento em determinadas situações e sobre a qualidade do não atendimento em determinadas situações e sobre a qualidade dos serviços quando há atendimento. Coloca que enquanto CIR estamos indo e vindo sem resultados, como se fôssemos impotentes em tudo.Com a palavra o SMS de Abaíra compartilha com essa concepção, colocando que a CIR não vem respondendo a “altura”, o que o fez até deixar de vir ás últimas reuniões.Luciene reforça colocando que a CIR tem acesso ao COSEMS e pode solicitar participação em suas reuniões através de pedido de pauta, como tem voz e voto nas reuniões da CIB. Em seguida passamos a discussão sobre o projeto Samu 192 e foi dada a palavra ao SMS de Seabra, senhor Leandro Athayde, o qual informa que houve “falta” no projeto, carecendo um termo aditivo, afim de corrigir essa falha para que o processo possa seguir. Quanto ao processo para a construção do hospital-Maternidade no prédio do H.F.J. VENTURE, foi colocado por Leandro Athayde, SMS Seabra, informou que nem na SESAB nem na CIB, teve informação sobre no processo de licitação para início das obras até o momento. Assim foi combinado que a CIR encaminharia um ofício para Maria Alcina Romero Bollosa(DAE) e Stela Souza, presidente do COSEMS, solicitando apoio e/ou uma reunião para apresentarmos a situação do HRC, Hospital maternidade eSamu 192.Quanto a condição do HRC, para atendimento pediátrico (dez leitos), foi sugerido convidarmos Stela Souza, presidente COSEMS, para participara de uma reunião da CIR, através de ofício, ou a CIR ir ao encontro dela, com previsão para entregar no COSEMS até o dia seis de fevereiro de dois mil e dezenove. Em seguida, com a palavra o senhor Leonardo Silveira, deu os informes sobre a RAPS, conforme já é do conhecimento de todos, o ministério solicitou devolução do recurso de implantação dos serviços que não solicitaram credenciamento dentro do prazo legal. Concluída a pauta passamos aos informes geral em “o que ocorrer” e foi dada a palavra a representante do COSEMS, senhora Luciene Nascimento:1º)Conferência Estadual de nove a treze de Junho de dois mil e dezenove; a etapa municipal de dois a quinze de Abril de dois mil e dezenove e, por fim a etapa Nacional será em agosto de dois mil e dezenove, sob o Tema:“democracia e saúde” (ver no site oficial);2º)O Conselho Estadual solicita informar o secretário ExecutivodoConselho Municipal de Saúde para que haja geração de senhas de acesso. Caso não haja o secretário do conselho, informa nome do presidente do CMS para solucionar o problema; 3º) NotaTécnica Cadernetada Criança, enviado pelo link no WhatsApp e pode ser acessado no site COSEMS; 4º) Instrumentos de gestão ainda há problemas e pendências desde dois mil e dezoitoque implicam na “prestação de contas” da gestão. Dois mil e dezessete a Região está em dia; 5º) ProgramaçãoAnual de Saúde-PAS, estará contemplada com dois recursos básicos; 6º)SARGS/SUS será substituído pelo DIGISUS até 31/12/2019. Até lá, deverá ser atualizado para a migração. Recomenda-se atenção para não perder os prazos, procurar atualizar o quanto antes, pois com a mudança de “governo e ministério” não temos definições de tudo.7º)Emendas parlamentares: devem constar no relatório de gestão a prestação de contas; 8º) Cursos: Ainda se pode inscrever no “Aedes na mira”, haja vista o aumento de casos de Dengue no Estado; 9º) PPI: cada gestor tem comovisualizar sua pactuação, PPIMAC, e seguir no nome do município, mas não há como fazer qualquer mudança. Em seguida foi retomado o primeiro ponto da pauta, eleição da (o)Coordenadora (or) e coordenadora (or) adjunto, conforme resolução CIB 011/2015, que trata da composição da CIR, ao que por unanimidade, foi aprovada a proposta de a senhora Graciela Rocha, SMS de Iraquara para Coordenadora e o senhor Edy Gomes dos Santospara Coordenador adjunto.Em seguida foi aprovado o calendário de reuniões ordinárias da CIR 2019, considerando as reuniões da CIB já agendadas: CIR CIB Março................................ 14........................... 21 Abril................................... 04........................... 17 Maio.................................. 09........................... 23 Junho................................ 11............................ 19 Julho................................. 10............................ 18 Agosto............................... 08........................... 22 Setembro.......................... 05........................... 19 Outubro............................. 10........................... 24 Novembro......................... 07...........................21 Dezembro......................... 28............................ 05.Em seguida passamos a elaboração dos ofícios para a Diretora DAE, senhora Maria Alcina Romero Boullosa sobre as questões do Hospital Regional da Chapada; Hospital-Maternidade (Ampliação e Reforma do antigo Hospital Frei Justo Venture) e SAMU 192, andamento do projeto de implantação, bem comoofício àsenhora Stella Santos Souza, presidente do COSEMS, solicitando uma reunião para tratarmos também dessas questões, com enfoque para a situação do Hospital Regional da Chapada. Por fim, foi dada a palavra ao Membro Efetivo Regional, senhor FranciscoNilton Alencar que passou a informar sobre a situação das Arboviroses na Região, sobre a nossa condição de enfrentamento. O mesmo informou que já estamos com casos suspeitos de Dengue em três municípios, sendo que uma suspeita de Zika em gestante do Município de Lençóis foi descartada. O mesmo refere que a situação tende a se agravar se nossa condição de enfrentamento não melhorar, em especial, o quantitativo de agentes de endemias para o controle das Arboviroses, o que é determinante para o cumprimento das metas pactuadas, no que seja ideal para manter o controle vetorial e estarmos livres da ocorrência da doença. Portanto é de fundamental importância a participação da Gestão Municipal e Regional da Saúde nesse processo para que não percamos o Controle e a guerra contra o Mosquito vetor. Informou ainda que em breve o NRS-CL estará entregando oficialmente os “Kits Dengue”, material de trabalho, para os agentes do controle das Arboviroses. Assim, não tendo mais o que relatar, eu, Francisco Nilton Alencar, Membro Efetivo Regional na CIR Seabra, lavrei a presente ata que segue assinada por mim e os demais membros presentes à esta Reunião. Francisco Nilton Alencar: ________________________________________; Alex Sandro Silva Miranda:_______________________________________; Aline Mendes Araújo Santos: _____________________________________; Graciela Pereira Rocha:__________________________________________; Igor Teles Silva: ________________________________________________; Liliane de Oliveira Viana:_________________________________________; Marcos Andrade Bastos:_________________________________________; Jucimeire Azevedo Silva Matos:___________________________________; Leandro Athayde de Souza: ______________________________________; Manoel Miranda de Novais:_______________________________________;


PROPOSIÇÕES:


ATA VALIDADA EM:
15/05/2019
ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO (APG)
4ª AVENIDA, 400, PLATAFORMA 6, LADO B - 4º ANDAR - SALA 04 - CENTRO ADMINISTRATIVO DA BAHIA - CAB - SALVADOR - BA
CEP 41745-002 TELEFONE: 71 3115 4208 FAX: 71 3115 9626
Fechar [X]

Administrador

Entre com login e senha para acessar o administrador do site OBR.

Login:
Senha:



Fechar [X]
BUSCA AMBULATORIAL POR REFERENCIA
MUNICIPIO ENCAMINHADOR
MUNICIPIO EXECUTOR
AGREGADO
Fechar [X]
PPI ONLINE
ENCAMINHADOR
REGIÃO DE SAUDE